O que é o vinho natural e 8 razões para virar fã incondicional

Descubra mais sobre essa nova (porém ancestral) maneira de produzir o vinho, que além de resultar em vinhos deliciosos e saudáveis, já conquistou os principais críticos e mesas de Paris.

O que é o vinho natural e 8 razões para virar fã incondicional

O vinho natural não é apenas um tipo de vinho.  Mas sim o resultado de uma escolha filosófica destinada a encontrar a expressão natural do lugar onde foi produzido com a mínima interferência de outras substancias além da própria uva.

As uvas são produzidas seguindo as exigências da agricultura orgânica, sem herbicidas, pesticidas, fertilizantes ou outros produtos sintéticos.

As colheitas são manuais e durante a vinificação o enólogo se esforça para manter o vinho vivo. Podem ser proibidas intervenções técnicas que chegam a alterar a vida bacteriana do vinho, bem como qualquer adição de produtos químicos, exceto, se necessário, sulfitos em quantidades extremamente pequenas. As doses toleradas são de 30 mg/litro para tintos e 40 mg/litro para brancos contra 160 mg/litro para os vinhos tintos tradicionais. Já para os brancos tradicionais a média é de 210 mg/litro mas é permitido chegar a até incríveis 400 mg/litro (haja dor de cabeça!).

Os vinhos naturais são mais saudáveis e digeríveis. São uma têndencia mundial, merecem e devem, ser mais conhecidos. Se você ainda não é familiarizado, certamente ficará curioso para experimentá-los depois de ler estas 8 boas razões para aderir ao vinho natural. Vamos lá:

8 boas razões para aderir ao vinho natural

1. Porque é natural
O vinho natural, ao contrário dos consortes convencionais, é feito com uvas orgânicas e quase nada mais. Lembre-se de que a legislação autoriza quase 70 aditivos no vinho clássico e 35 para as cuvées orgânicas. O que significa é juridicamente legal colocar nas garrafas coisas como albumina de ovo, cola de peixe, pedaços de madeira de carvalho, açúcar, gelatina …
Sem contar os resíduos de pesticidas, fertilizantes…
“Um vinho natural é produzido a partir de uvas biodinâmicas ou organicamente cultivadas. Colhidas à mão, vinificadas utilizando técnicas artesanais, sem insumos, com a possível exceção, mas não incentivada, de mínimas doses de sulfitos ” segundo a Associação dos Vinhos Naturais.

O que é o vinho natural e 8 razões para virar fã incondicional

2. Porque o vinho natural é transparente
“Eu não tenho uma definição de vinho natural porque todo vinho sempre deveria ser natural”, conta Richard Leroy (o enólogo dos quadrinhos Les Ignorants).
Ele continua: “Hoje as pessoas não sabem do que estão bebendo. Ao contrário dos iogurtes ou de qualquer outro produto de consumo, o vinho tem uma derrogação especial: não precisa especificar a lista de seus ingredientes no rótulo, apenas para indicar a presença de sulfitos quando é superior a 10 mg / l (o que é quase sempre o caso) sem ter que quantificá-lo.”

O que é o vinho natural e 8 razões para virar fã incondicional

3. Porque o vinho natural representa uma nova visão da sociedade
Atrás do vinho natural está um ecossistema que promove a agricultura biodinâmica, sustentável, de comércio local,  com rendimentos limitados e um consumo consciente da natureza que está a sua volta. É a manifestação de uma agricultura artesanal, autônoma e saudável.  É um modelo econômico alternativo, viável e sustentável. A uva cresce sem fertilizantes químicos em solos preservados de uma hiper interveção humana, depois é transformada sob a ação de leveduras naturalmente presentes. Não há química, apenas paciência, know-how e muita mão-de-obra. Os solos permanecem saudáveis, os agricultores também.

4. Porque os vinhos naturais sublimam os pratos que acompanham
Por sua delicadeza e complexidade o vinho natural é uma excelente companhia para a boa cozinha.  Em Paris, cada vez mais eles circulam nas mesas dos melhores chefs da cidade.

5. Porque você pode beber sem se preocupar com a dor de cabeça
Esqueça aquelas manhãs dolorosas em que acordamos com uma britadeira na cabeça, desejando que uma cachoeira inunde nossas bocas. Com o vinho natural caso você se descuide e passe da conta, a ausência do dióxido de enxofre garantirá uma ressaca muito mais amena.

6. Para mergulhar em um universo “insólito”
Aderir aos vinhos naturais é mudar completamente hábitos muito antigos. Eles na maioria das vezes são vinhos que saem do comum e oferecem experiências gustativas totalmente novas. Eles têm essa caracteristica: tocar nossa alma como nenhum outro vinho. Faça o exercício: traga para o seu próximo jantar duas garrafas. Um vinho clássico, digamos um Bordeaux e uma garrafa de vinho natural. Você verá como o vinho natural provoca comentários e discussões. Ele surpreende, divide, transporta, aguça línguas e gargantas.

O que é o vinho natural e 8 razões para virar fã incondicional

7. Porque os rótulos e os nomes são surpreendentes e divertidos
Não se sabe bem porque, talvez por estarem desafiando todo um sistema antigo e tradicional, mas os produtores de vinho natural tem uma predileção por etiquetas que saem do ordinário e costumam nomear suas criações com nomes extremamente criativos e originais. You fuck my wine, Grololo ou Va te faire boire (algo como “vai tomar no vinho”) são alguns exemplos.

8. Porque não podemos deixar esse privilégio somente aos franceses!
Descubra mais sobre o vinho natural com os nossos roteiros.

 

SIGA O GASTRONOMOS E TRAGA A GASTRONOMIA FRANCESA PARA O SEU FEED
 FACEBOOK
 INSTAGRAM