Um Dia em Bruxelas e suas Extraordinárias Cervejas

Descubra a beleza e os segredos gastronônicos da capital belga

1 dia
o ano todo
diversas degustações de cerveja e chocolate
com guia
PT - ES - EN

O QUE NOS TRAZ AQUI
Um trem que parte de Paris pela manhã e chega no centro de Bruxelas em 1 hora e 20 minutos para você passar um dia nessa bela cidade belga. Sim é fácil sair de Paris e passar um dia em Bruxelas, fazendo ida e volta no mesmo dia. A bela cidade, além de ser a sede da União Européia, a “Capital da Europa” como alguns chamam, Bruxelas possui um lado histórico e cultural rico e imponente
A cidade é vibrante, a majestosa Grand-Place já foi eleita por várias vezes a praça mais bonita da Europa. As pessoas são gentis, o chocolate é de primeiríssima e a cerveja, como sabem, um assunto muitíssimo sério.

 

O QUE VAI ACONTECER
Partindo de Paris, juntamente com seu guia, por volta das 8h da manhã, pegaremos um trem e vamos passar um dia em Bruxelas.
Ao sair da estação de trem faremos um belo passeio a pé pela cidade, onde lhe será apresentado e explicado os principais pontos de Bruxelas: o Palais de Bruxelles (Palacio real, residência administrativa e lugar de trabalho do rei), o Senado, o Palais de la Nation ( sede do parlamento), a Catedral de São Miguel, as galeries Royales do rei e da rainha, a Grand Place, o Manekken-Pis, entre outros.
Após o city tour faremos uma pausa para o almoço. Na parte da tarde faremos uma degustação de cervejas belgas onde será explicado a diferença de cada cerveja, a evolução dos tons, os aromas, o corpo e as associações. Visitaremos uma cave em estilo medieval onde se encontram mais de 2000 rótulos de cerveja.
As 17:30h voltaremos para estação e pegaremos o trem de volta a Paris.


ESTE PASSEIO INCLUI

– Guia expert cervejas
– City tour de Bruxelas em português
– Degustação de Cervejas
– Visita a loja de Chocolates

 

O QUE PODE SER INCLUÍDO
– Transporte
– Almoço
– Hotel
– Passeios complementares e visitas personalizadas (Sob consulta)

ONDE VAMOS
você sabia ?
Na Idade Média, a água estava frequentemente contaminada. Uma das alternativas a esse problema era consumir vinho em vez de agua! Assim, os monges começaram a usar seus conhecimentos agrícolas para produzir vinho. O clima belga, no entanto, foi desfavorável para o cultivo de uvas, e os monges deste país voltaram-se naturalmente para a produção de cerveja. A diversidade era enorme: forte, delicada, escura, abadia, trapista, lager... e para garantir a qualidade das cervejas, foi-se gradualmente criando regras estritas, e as cervejas belgas subiram de qualidade e começaram a ganhar peso e fama internacional. No entanto, no período pós-guerra, devido à grave crise econômica, apenas ¼ das cervejarias belgas sobreviveram. Apesar disso, as cervejarias belgas não se deixaram abater, e nos anos 70 a cerveja belga foi redescoberta pelo público em geral e novamente reconhecida como um produto excepcional. Atualmente, existem mais de 1100 marcas de cerveja belgas registradas e vendidas em todo o mundo.

Escreva-nos para reservar ou personalizar essa experiência. 

TELEFONE / WHATSAPP